Meu perfil
BRASIL, Nordeste, RECIFE, BOA VISTA, Homem, de 15 a 19 anos, Português, Espanhol, Cinema e vídeo, Música,
livros


Histórico:

-
06/06/2004 a 12/06/2004
-
30/05/2004 a 05/06/2004



Outros sites:

-
Comesos Marina
-
INSANIDADE CONSTANTE
-
Amigo blog
-
ANGEL
-
Cantinho terrorista
-
Evanescence
-
Crie seu propio diario virtual
-
Se você gosta de garotas ou simples mente é uma visite
-
personalização yahoo


Votação:

-
Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog


Contador:

Layout:

Templates By Marina



http://www.yonkis.com/mediaflash/booomba.htm



- Postado por: Mestre Dragon às 08h34
[ ]

___________________________________________________




iDefending_the_Forest by Taurin Fox!

On_the_run-color by Taurin Fox!

Thesis-Ruins by Taurin Fox!Thesis-Temple by Taurin Fox!

Simba-br-04wp by Benjamin!

Joseph Linsner 



- Postado por: Mestre Dragon às 20h52
[ ]

___________________________________________________




Cliqe aqui para abrir um site de busca, o alltheweb.com



- Postado por: Mestre Dragon às 20h42
[ ]

___________________________________________________




Capricorn Cémiterio de Dragões
 Bem vindo ao meu reino. Estou na dragon city, e lhe contarei sobre ela.
 .                                    Equivocos

Por milhares de anos o homem tem encontrado os restos de vestigios de seres vivos que viveram no passado remoto de nosso planeta. Entretanto apenas nos 2 últimos séculos ele entendeu o real significado desses registros. Antes disso, todas as ocorrências de fósseis eram associadas a monstros e seres sobrenaturais.

Alguns especialistas acreditam que os maiores mitos de nossa cultura tenham se original de descobertas e interpretações equivocadas, que posteriormente geraram lendas de monstros e demônios.


Os cuspidores de fogo

Os misticos dragões, monstros reptilianos presentes em quase todas as culturas antigas, tiveram seus primeiros relatos conhecidos há cerca de 2.000 anos, na China. Coincidentemente é um dos países com maior número de fósseis de dinossauros e pterossauros, criaturas que guardam muita semelhança com a imagem associada aos dragões: asas membranosas (pterossauros), chifres, garras e pele escamosa (dinossauros).

Muitos sustentam a idéia de que a lenda dos dragões tenha aparecido pela primeira vez decorrente de uma associação equivocada, quando os antigos chineses encontravam ossos de dinossauros e pterossauros. Naquela época eles nada sabiam sobre extinção e evolução, assim pensaram que aqueles eram os restos de monstros gigantescos, aos quais denominaram dragões.

A lenda do dragão espalhou-se mais tarde por outras partes da Ásia e Europa, sofrendo modificações de acordo com a região onde se instalavam. Cada povo tinha uma imagem diferente desses animais: bons ou maus, belos ou horrendos, nobres ou vingativos, capazes de hipnotizar suas vítimas e cuspir fogo.

Hoje sabemos que tais seres nunca existiram, ao menos não na forma como se imaginava, mas talvez na forma de dinossauros e dos enormes répteis voadores.


Os grifos

O mito dos grifos parece ter tido origem muito semelhante ao dos dragões. os primeiros registros dessa criatura lendária provém do extremo Oriente.

Sua aparência, o corpo de um leão e a cabeça de uma ave de rapina, até certo ponto lembram a de um pequeno dinossauro vegetariano, cujos fósseis são muitos comuns nas vastas planícies do deserto de Góbi. A criatura, conhecida como Protoceratops, faz parte do grupo dos dinossauros Ceratopsia, quadrúpedes caracterizados por seu singular bico semelhante ao de uma ave.

Os fósseis desses animais podem ter inspirado os antigos viajantes que ao vagarem pelo deserto deparavam-se com eles, acreditando tratar-se de corpos mortos de grifos. O mito do grifo espalhou-se também pela Europa, tal como o do dragão.


Cavalos com chifre

Contam as lendas européias e asiáticas que os unicórnios era belíssimos cavalos munidos de um único chifre fincado no meio da testa. Acreditava-se que aqueles que os possuíssem teriam fortuna e poder.

Uma explicação para a origem desse mito é a descoberta equivocada de ossadas de um grande herbívoro que viveu na Sibéria durante as últimas glaciações.  O Elasmotherium era um grande rinoceronte armado com um grande chifre na testa, que poderia atingir quase 2m de comprimento. Rinocerontes e cavalos são parentes próximos, e seus esqueletos, guardadas as devidas proporções, apresentam características similares.

Atualmente outro animal parece ter assumido a identidade do unicórnio: o narval, um cetáceo encontrado em águas geladas do Ártico. Os machos possuem uma enorme projeção óssea na ponta do focinho, que atrai caçadores clandestinos. A projeção é vendida como sendo chifre de unicórnio, e após ser triturada é usada em diferentes medicamentos nas culturas orientais.


Gigantes com um olho só...

Na mitologia grega os ciclopes eram gigantes carnívoros com presas afiadas e um olho só na testa. Eram muito respeitados e temidos, mesmo que ninguém nunca tenha realmente visto um.

Na verdade uma possibilidade para o surgimento desse mito tenha sido os enormes crânios de elefantes primitivos que ocasionalmente são encontrados em diferentes partes do mundo, incluindo a Europa.

Tal como seus parentes modernos, esses animais apresentavam um grande orifício na parte anterior do crânio, semelhante a uma gigantesca órbita ocular. Na verdade esse orifício é a cavidade das narinas, sendo a base da enorme tromba.

Os antigos europeus, que nunca haviam visto elefantes em toda a Europa, podem ter equivocado-se e acreditado que os crânios pertenciam a gigantes malévolos...


 Dedos do demônio?

Quando estranhos fósseis em forma de lápis foram achados na Alemanha medieval, muitos julgaram tratar-se dos dedos do próprio diabo. O que eles não não tinham a menor idéia na época é que na verdade eram belemnites fossilizados. Os belemnites eram moluscos do Jurássico, muito semelhantes às lulas atuais.



- Postado por: Mestre Dragon às 20h15
[ ]

___________________________________________________